Lucien – Antediluviano Lasombra – Vampiro a M√°scara ūü•á

O Antediluviano Lasombra é um poderoso Cainita de terceira geração com dominio sobre as sombras do Abismo e tambem é o progenitor do Clã Lasombra.

[Lasombra] √© o termo moderno que os cainitas usam geralmente para se referir a este Antediluviano e ao Cl√£ que ele representa (o termo √© usado desde antes do imperio romano). Perto de 1991 A.C. [Lasombra] foi nomeado como “Lau-Som-Bheu”, que pode ser traduzido a partir da lingua proto-indo-europeia como “Aquele que lucra pelo conhecimento” ou “Aquele que lucra junto a domina√ß√£o”. Seus Sacerdotes o adoravam como “Laza Omri Baras”, o “Deus do rio das trevas”.

Veja Tambem:

Vampiro A Mascara 5 edi√ß√£o Portugu√™s [Tradu√ß√£o Completa]ūü•á

Tudo sobre o Cl√£ Lasombraūü•á

Tudo sobre os Lasombra no V5 – Vampiro a M√°scara 5¬į Ed√ß√£oūü•á

PERFIL RESUMIDO

Nome: Desconhecido

Apelidos: Lasombra, Laza Omri Baras, Lau-Som-Bheu, Lucien, O Obscurecido.

Genero: Masculino

Abraço: 8000 A.C.

Morte: 1405 D.C. (Supostamente)

Cl√£: Lasombra

Gera√ß√£o: 3¬į

Senhor: Desconhecido

Crias: Montano, Boukephos, Sybil, Tersa, Karotos, Khanom Mehr, Tepelit, Tubalcain, Olho Azul, Gratiano (1130 A.C)

Biografia

“Quem foi Lasombra em vida? Talvez ele pr√≥prio fosse um homem de poder. Eu suspeito, por√©m, que ele foi um fracasso pat√©tico, Abra√ßado (como o chamamos) por alguma raz√£o trivial, que floresceu inesperadamente. Algu√©m que viveu com verdadeiro sucesso certamente n√£o ficaria t√£o obcecado com o assunto para sempre. Gratiano era talvez o que Lasombra desejava ter sido.”
– Ming, Livro de Cl√£ Lasombra

Os Lasombra descrevem a vida mortal de seu antepassado ‚Äč‚Äčcomo “normal”. [1] Ele sempre esteve perto da escurid√£o e quando o Grande Dil√ļvio veio, o Obscurecido deleitou-se com ele. Quando as √°guas baixaram, [Lasombra] juntou-se aos seus irm√£os na Segunda Cidade at√© que a Revolta contra a Segunda Gera√ß√£o levou ao julgamento deles por Caim. Os Ventrue estavam ansiosos para apontar [Lasombra] como o principal culpado, por inveja de Ventru, que era o governante leg√≠timo e aprovado da Terceira Gera√ß√£o. Os pr√≥prios Lasombra nada dizem sobre o assunto e, portanto, muitas coisas sobre [os Lasombra] s√£o desconhecidas. Mesmo a identidade de seu senhor n√£o √© clara. [2] A conex√£o de [Lasombra] com o mar √© algo que ecoa atrav√©s de seu sangue e muitos Lasombra mais velhos desenvolvem o desejo de submergir em corpos d’√°gua.

Ap√≥s a queda da Segunda Cidade, [Lasombra] voltou ao mar, eventualmente se estabelecendo em uma ilha no Mediterr√Ęneo (o que n√£o √© certo, o mais prov√°vel √© Malta [2]). A partir da√≠, ele assumiu o comando do povo pirata dos Hyksos, dirigindo-os contra as civiliza√ß√Ķes povoadas pela descend√™ncia de seus irm√£os. Ainda assim, o pr√≥prio [Lasombra] era pouco visto naqueles dias. Ele morava em uma ilha, dizem alguns, ou nas profundezas do mar escuro como o vinho, erguendo-se de vez em quando para ca√ßar e guiar seus adoradores. Ocasionalmente, ele concedia seu Abra√ßo a alguns escolhidos, mas isso acontecia cada vez menos com o passar do tempo. Por s√©culos, os Povos do Mar foram fortes sob a orienta√ß√£o vigilante de seu deus das trevas. Ap√≥s a erup√ß√£o de Thera, a escurid√£o nublou o c√©u e [Lasombra] deixou o mar, vagando extensivamente pela terra, visitando culturas estranhas e se engajando em experimentos sociais para procurar crian√ßas desej√°veis, como evidenciado no Abra√ßo de Montano por volta de 1496 A.C.

Quando [Lasombra] retornou nos primeiros anos da Rep√ļblica Romana, ele fixou resid√™ncia na Sic√≠lia, construindo para si a tumba-fortaleza que seria chamada de Castelo das Sombras por seus descendentes. L√° ele permaneceria, em medita√ß√£o entorpecida, assistido apenas por suas crias mais pr√≥ximas, contemplando o grande Abismo. Ocasionalmente, ele acordava e ia embora sem aviso pr√©vio. [3] Isso o tornou um dos Antediluvianos mais ativos da √©poca, j√° que o √ļnico outro Antediluviano diretamente ativo era Tremere, no curto per√≠odo de tempo antes que a consci√™ncia de Saulot o subjugasse. O Mar das Sombras, um dos grandes reinos feudais dos Membros da √©poca, estava nominalmente sob seu controle, mas ele delegou grande parte da administra√ß√£o a sua cria Montano. [4] Em seu tempo de vig√≠lia, no entanto, [Lasombra] teve um grande interesse nos desenvolvimentos do mundo, em busca de mais crias em potencial.

Os estudiosos do Sabá afirmam que [Lasombra] selou seu destino quando apresentou o jovem bispo italiano Gratiano de Veronese ao Clã, ignorando os avisos de Montano. Entre os Lasombra, ainda há debate sobre os motivos do [Lasombra] para introduzir Gratiano no Clã. Alguns acreditam que foi um plano que deu errado, outros que [Lasombra] finalmente sentia o peso de séculos e queria cometer suicídio, outros que sua mente se tornou fraca e fraca, e outros até presumem a influência de infernalistas e outras forças por trás isto. A maioria acredita que isso não importa.

Diablerie

“Nenhum de voc√™s sabe o que √© existir na presen√ßa de um deus, ou algo t√£o poderoso que poderia muito bem ser um deus. Voc√™ olha para seus l√≠deres no Festival e os acha intimidantes, mas nenhum deles tem mais de quatro s√©culos. Eu era o mais velho presente no rito e tamb√©m tenho menos de mil anos. Mas eu sei como era o olhar de nosso fundador e por que o grande patric√≠dio era necess√°rio.”
– Irm√£o Oso, Livro do Cl√£ Lasombra Revisado.

O que se segue √© superficial, algo notado por v√°rios Lasombra. A vis√£o defendida pelo Cl√£ √© que [Lasombra] foi diablerizado, seja por Gratiano (que recusou o papel de l√≠der do Cl√£ posteriormente), por Gratiano e um grupo de anci√Ķes, por Anarquistas liderados por Gratiano, ou por assassinos Assamitas contratados que juntou-se a Gratiano. Esses Assamitas se tornariam os primeiros antitribu, liderados pelo Hulul, em cujas veias supostamente corre o sangue do pr√≥prio [Lasombra]. As hist√≥rias contam que eles n√£o enfrentaram nenhum guardi√£o no local de descanso do Antediluviano e que o Sombra sorriu para Gratiano enquanto seu filho devorava seu sangue. [5]

Há outra história, ferozmente negada pelo Sabá. Diz que [Lasombra] permitiu sua própria diablerização, para se libertar das algemas de seu corpo físico. Depois disso, sua alma entrou no Abismo, procurando se tornar um com ele. No processo, ele se tornou mais do que um mero vampiro, transformando-se em uma monstruosidade abissal vazia de qualquer resto de humanidade que foi deixado em sua forma de morto-vivo. Infelizmente para [Lasombra], os seres nativos do Abismo consideravam a criatura como insignificante para seu passado como uma criatura de carne e busca remediar isso fazendo com que o Abismo desmorone no mundo físico, apagando o sol para sempre e recriando o mundo original, antes de Deus criar a luz. [6] Para tanto, começou a usar aqueles que comandam a Tenebrosidade como seus órgãos sensoriais no mundo físico para encontrar uma maneira de atingir esse objetivo.

Linha do Tempo do V5

“Enquanto est√°vamos explorando o lugar, n√≥s O encontramos. Ele. N√£o sei se Ele foi o fundador do nosso cl√£, apenas um verdadeiro Guardi√£o ou algo completamente diferente, mas quando Ele nos viu, sentimos a atra√ß√£o de sua boca gigantesca, seu buraco negro que tudo consumia. O vazio estava chamando. Eu n√£o fui o √ļnico a v√™-lo l√° fora … Alguns afirmam t√™-lo encontrado na L√≠bia, outros no Afeganist√£o. H√° at√© um relato de Sua presen√ßa na Sic√≠lia, e alguns afirmam que o chamado Imperador de D.C. √© apenas Ele em outra forma.”

Nas noites modernas, avistamentos de [Lasombra] t√™m sido mais frequentes. Enquanto a Guerra da Gehenna continua, acredita-se que ele tenha sido visto causando a devasta√ß√£o para Membros e mortais em zonas de guerra da √Āfrica, Oriente M√©dio e Afeganist√£o, e at√© mesmo na Sic√≠lia. [7]

Curiosidades

Os M√≠sticos do Abismo descobriram mais de quatrocentos nomes para o fundador do Cl√£ Lasombra, e esses nomes ainda t√™m uma influ√™ncia poderosa sobre os habitantes do Abismo, por exemplo – “Lau-Som-Bheu”, que √© bastante pass√°vel como proto-Indo-europeu para “lucrar juntos pelo conhecimento” ou “lucrar juntos pela domina√ß√£o”. [8] [9]

Os Ventrue se referiram a Lasombra, o Antediluviano, como Lucien, “que levou seu irm√£o ao torpor e salgou a terra onde ele jazia”. [10]

Referencias

  • Players Guide to High Clans [1]
  • Livro de Cl√£ Lasombra Revisado [2]
  • Libellus Sanguinis 1: Masters of the State [3]
  • Vampiro Idade das trevas Livro b√°sico [4]
  • Livro de Cl√£ Lasombra [5]
  • Gehenna: Time of judgement [6]
  • Chicago by Night 5th Edition, p. 45 [7]
  • Clan Novel Trilogy Lasombra 1: Shards, p. 65 [8]
  • Livro de Cl√£ Lasombra Revisado, p.18 [9]
  • Livro de Cl√£ Ventrue Revisado, p.13 [10]
  • Who’s Who among Vampires: The Children of the Inquisition, p. 39-47
  • Guide to the Sabbat
  • Clan Lasombra Trilogy 1: Shards¬†
  • Clan Lasombra Trilogy 2: Shadows
  • Clan Lasombra Trilogy 3: Sacrifices¬†

Veja Tambem:

Vampiro A Mascara 5 edi√ß√£o Portugu√™s [Tradu√ß√£o Completa]ūü•á

Tudo sobre o Cl√£ Lasombraūü•á

Tudo sobre os Lasombra no V5 – Vampiro a M√°scara 5¬į Ed√ß√£oūü•á

 

Todos os Antediluvianos:

Haquim, o Antediluviano Banu Haqim (Assamita)ūü•á

Ilyes, o Antediluviano Brujahūü•á

Troile, aquele que Diablerizou o Antediluviano Brujahūü•á

Ennoia, o Antediluviano Gangrelūü•á

Cappadocius, o Antediluviano Capad√≥cioūü•á

Augustus Giovanni, fundador do Cl√£ Giovanni e aquele que Diablerizou o Antediluviano Capad√≥cioūü•á

Lucien, o Antediluviano Lasombraūü•á

Malkav, o Antediluviano Malkavianoūü•á

Set, o Antediluviano Setita (Seguidores de Set/ O Minis√©rio)ūü•á

Absmilliard, o Antediluviano Nosferatuūü•á

Zaphatasura, o Antediluviano Ravnosūü•á

Saulot, o Antediluviano Salubriūü•á

Arikel, o Antediluviano Toreadorūü•á

Tremere, o Fundador do Cl√£ Tremereūü•á

O Antediluviano Tzimiceūü•á

Ventru, o Antediluviano Ventrueūü•á

você pode gostar também
error: Opa! Quer usar nosso conteudo em algum ligar? Manda um Link pra essa pagina! Obrigado!