Ashirra – Vampiro A M√°scaraūü•á

A Ashirra (de ashira, “cl√£” em √°rabe) √© a seita sob a qual os vampiros isl√Ęmicos declaram sua f√© em Al√° e que governa a Ar√°bia e o Norte da √Āfrica, come√ßando na Idade das Trevas. Os membros da Ashirra acreditam que a reden√ß√£o para os Membros estava entre as promessas que Maom√© fez se decidissem seguir Al√°. Embora alguns vampiros sejam verdadeiros seguidores do Isl√£ (mais notavelmente o Bay’t Mutasharid), a grande maioria dos Membros envolvidos no Ashirra segue o Isl√£ porque √© conveniente para eles ou para facilitar sua opera√ß√£o no Oriente M√©dio. Como a Camarilla ou o Sab√°, a Ashirra √© propensa a jogos de poder e manobras pol√≠ticas.

Em alguns casos, Ashirra pode ser usado para se referir a qualquer vampiro que segue o Isl√£.

Historia

A Ashirra foi fundada nos primeiros dias do Isl√£. Em 622 EC, um Lasombra √°rabe chamado Suleiman ibn Abdullah se converteu ao Isl√£ e assumiu a tarefa de defender a f√© e divulg√°-la aos companheiros Cainitas. Em poucos anos, v√°rios outros convertidos espalharam a f√© por toda a pen√≠nsula Ar√°bica e al√©m. Em 632, os princ√≠pios fundamentais da seita haviam tomado forma e os Ashirra se estabeleceram como uma grande pot√™ncia no mundo isl√Ęmico. No auge, eles se estenderam pelo Oriente M√©dio, Norte da √Āfrica e √Āsia Central, em conflito com os Cainitas francos durante as Cruzadas e a Reconquista, e com os Cainitas mong√≥is durante a invas√£o da P√©rsia e da √Āsia Central.

Nunca √© mencionado o que levou ao decl√≠nio da Ashirra. A seita se espalhou pela √Āsia com comerciantes mu√ßulmanos, estabelecendo-se no subcontinente indiano e no arquip√©lago malaio, no extremo leste de Mindanao, apesar da oposi√ß√£o tanto dos cainitas hindus locais quanto dos Wan Kuei. Eles at√© conseguiram estabelecer sult√Ķes em Mumbai, Delhi e Lahore. Ainda no s√©culo 19, os Ashirra ainda disputavam influ√™ncia no Egito, na Terra Santa e no Imp√©rio Otomano em decl√≠nio cont√≠nuo. Na era moderna, sua influ√™ncia √© bastante reduzida e os Ashirra entraram em uma tr√©gua com a Camarilla para preservar o poder que lhes resta.

A seita é mais forte na Arábia Saudita, Irã e Afeganistão, embora também tenha alguma influência no Egito.

Organização

Membersedit | edit source

  • Banu Haqim (Assamitas)
  • Al-Amin¬†(Salubri)
  • Bay’t Majnoon (Malkavianos, significa literalmente. “Casa dos Loucos”)
  • Bay’t Mujrim (Ravnos, significa literalmente. “Casa dos Criminosos”)
  • Bay’t Mushakis (Brujah, significa literalmente. “Casa dos Agressivos”)
  • Bay’t Mutasharid (Nosferatu, significa literalmente. “Casa dos Mendigos”)
  • El Hijazi¬†(Ventrue)
  • Qabilat al-Khayal¬†(Lasombra)
  • Qabilat al-Mawt¬†(Cappadocian)
  • Ray’een al-Fen¬†(Toreador)
  • Shepherds of Islam¬†(independent)
  • Wah’Sheen¬†(Gangrel)

Referências

  • VTDA:¬†Veil of Night, p. 14-15, 19
  • VTM:¬†Cairo by Night¬†
  • VTM:¬†State of Grace
você pode gostar também
error: Opa! Quer usar nosso conteudo em algum ligar? Manda um Link pra essa pagina! Obrigado!