Criação de personagens Vampiro A Mascara 5 edição [Portugûes Tradução Completa]

Criação de personagens Vampiro A Mascara 5 edição [Portugûes Tradução Completa]

Jogar um jogo de contar historias é um oportunidade de caminhar milhas nos pés de outra pessoa. Pegando tudo o que se vale a pena dessa experiencia. Imagine a sua cronica como uma serie de prestigio da HBO onde você irá interpretar o seu personagem favorito que será criado por você, mas provavelmente será diferente de você, este personagem irá encontrar a si mesmo em situações aterrorizantes ou de apertar o coração e desse modo crescer de modo dramatico.

Este personagem é o seu ponto de visão e personalidade, então pergunte a si mesmo : “Quem você gostaria de ser?”. O seu personagem define a sua voz dentro do jogo, aparencia, linguagem corporal, assim como a fé, valores politicos e eticos, que irão definir quais são as suas habilidades, pericias e disciplinas que determinam as coisas que ele pode fazer.

Você define o conceito central do seu personagem, habilidades e pericias, essas coisas podem feitas durante uma sessão imersiva de preludio ou simplismente escolhendo um tipo de Predador e um Clã e seguindo as instruções que serão dadas para a criação rapida do seu personagem.

Ao longo disso, você vai entrando mais na pele do seu personagem da cronica, determinando as pessoas que ele conhece, sejam mortais ou membros no mapa de relacionamentos.

 

OS FUNDAMENTOS DE UM PERSONAGEM

O seu personagem é um forma poderosa de moldar historias. Eles definem que tipo de historias serão contadas em vampiro a mascara junto de seus amigos. Jogar com um sacerdote viciado com a fé perdida manda um tipo diferente de mensagem para os seus companheiros jogadores e ao Narrador, diferente de criar um matador profissional trabalhando para um lorde das drogas Armênio.

Outros jogadores, NPC’s (Personagens do Narrador), e personagens da coterrie tratam cada pessoa de modo bem diferente, e o narrador cria historias e as reações que sejam apropriadas a eles. As suas escolhas desde o inicio, incluindo o seu conceito, coterrie, Clã, e outras coisas são sinais do estilo de jogo que você gosta de jogar.

Você não é o seu personagem. Em um jogo de contar historias (RPG) você é como um dos atores de TV e filmes que assumem funções. O seu personagem pode literalmente ser de qualquer sexo, etnia, ou ter historico com qualquer religião, politica ou visão de mundo. Você não precisa concordar com a opnião do seu personagem ou respeitar os valores dele. De fato, é provavelmente uma experiencia mais desafiadora se você não o fizer.

Vampiro é um jogo sobre interpretar um monstro fascinante: um anti heroi, um viciado, um parasita com a alma prestes a ser perdida para a escuridão e ascende a luz. Jogar levando em conta certos cliches e estereotipos é tranquilo e inofensivo – contudo algumas será inevitavel que você irá exercitar estes estereotipos ou improvisação em jogo, aonde as linhas que vão acima ou abaixo disso é você quem decide –  mas cliches tendem a ser entediantes ou de certa forma ignorantes ao que você esta tentando fazer. Considere ler um pouco sobre a cultura ou ambiente social que deu forma ao seu personagem. Veja videos feitos por pessoas como ele, e faça algum esforço para entender e respeitar a pessoa de carne fria e morta que agora você habita, e ao decorrer do tempo a personalidade do seu personagem ganha força.

A realidade sempre deixa ficção em seu rastro quando ela é inesperada e complexa. O seu personagem não é uma ilha. Muito mais do que isso, o personagem é definido por seus relacionamentos. Vampiro é um jogo onde o que você sabe geralmente é importante do que simplesmente conseguir arrebentar uma parede com alguem. Em Vampiro, nós usamos o nosso mapa de relacionamento para manter o registro de nossos relacionamentos em jogo.

Você deve adicionar persoangens, setas de relacionamento e descrições breves e importantes, como a sua geração, clã, antecedentes ou pericias que você queria lembrar que o personagem possui. A sua Coterrie pode mapear a sua rede social mais proxima, como o seu senhor que o criou, e os seus Alicerces mortais. Por ultimo, mas não menso importante, o seu personagem é um vampiro. Você vai jogar com um monstro. Quer dizer um monstro em forma de humano, mas nunca se esqueça que você é um predador noturno e morto vivo que apenas se veste com essa roupa de humano para ter um melhor acesso as suas vitimas.

Você tem a aparencia de um mortal (ok, talvez um já morto, ou desfigurado mortal), você soa como uma pessoa, mas pensar que você é um humano é somente um dos erros que as suas vitimas fazem. Dentro de ti a besta uiva em seu sangue, contantemente te lembrando da sua monstruosa fome. Em Vampiro, você é o retrato de sanguessugas inspirados por mais de três seculos de suspenses goticos e filmes de horror. Contudo não confie totalmente na imagem de um “vampiro” que vem a sua mente com esta palavra, ela pode suprir as suas expectativas, mas tambem pode simultaneamente subverte-las. O Mundo das trevas abriga multiplos clãs. religiões e multiplos tipos de mortos vivos.

 

CRIAÇÃO DE PERSONAGEM

 

Este capitulo descreve como criar um personagem unico, começando com um conceito geral, e transcrevendo este conceito em numeros que serão usados durante o jogo. Isto fornece algumas linhas guia para manter os jogadores mais ou menos no mesmo nivel enquanto fazem as suas customizações individuais. Os jogadores podem utilizar este sistema simples eles mesmos, mas o Narrador deve acompanhar parte do processo. Eles não devem somente responder a questões tecnicas ou de regras, mas as regras devem devem servir como guia para ajudar aos jogadores a criarem os seus personagens para a cornica de modo excitante, novo e criativo.

Personagens começam e terminam com uma historia. Pergunte a si mesmo com o que você quer jogar: um punk endurecido pela vida nas ruas ou um lustroso tubarão dos negocios em sua sala de reunião? Você aprendeu segredos ocultos em um quadrangulo arboreo ou a sua propria força foi aprendida nas areias e calor do afeganistão? Você vive pelos outros ou por si mesmo? Ou talvez uma combinação dos dois dependendo da situação? Quando você cruzou a linha? E agora que os monstros viram você cruzar a linha? Contruir o personagem no olho da sua mente com pontos e numeros do sistema Storyteller é como um esqueleto, mas não será a alma dele. Não crie “o melhor personagem” possivel – não somente porque a derrota faz parte do drama, mas sim tambem porque será impossivel ter uma quantidade de pontos na sua ficha de personagem que o salve em uma cidade cheia de predadores, como o mundo das trevas. O jogo é sobre sobrevivencia, terror e tragedia – faça um personagem que joggue o jogo: um personagem que realmente vive apesar de estar morto.

 

A FUNÇÃO DO NARRADOR

Como um Narrador, você deve guiar os jogadores através do processo da criação de personagem. Depois de seus jogadores terem comparecido a sessão de jogo, mostre a eles a premissa basica da historia do jogo, e descreva bem o sistema de jogo. Faça as coisas serem o mais simples e faceis para seus jogadores quanto o possivel. Para jogadores Novatos, mantenha as coisas mais simples que puder; ajudando-os a construir os personagens que eles querem, mas tambem deixe-os descobrir os misterios do sistema por ele mesmo.

DEFININDO O SEU JOGO

Existem diversas diferentes possibilidades para definir o seu jogo, cada uma delas com as vantagens e disvantagens dependendo da natureza e experiencia do seu grupo, gosto pessoal, e tempo disponivel.

MOSTRE, NÃO CONTE. Em “Mostre, não conte”, os jogadores inicialmente gastam um minimo de tempo criando os seus personagens, ao invés de gravar os detalhes que virão durante o jogo.

Ofereça somente a descrição basica do seu personagem para os outros jogadores e algumas dicas dos relacionamento entre os outros personagens que ele gosta. Todo o resto acaba surgindo em jogo, e quando o seu personagem o fizer, anote no seu mapa de relacionamentos. Jogadores podem até mesmo decidir deixar algumas coisas não decididas, como a exata natureza de seus contatos e aliados. Este metodo é vantajoso para os jogadores com um tempo limitado ou paciencia para outros metodos, aqueles que podem possuir uma vasta experiência com o cenario, ou não.

ANOTAÇÕES

Alguns Narradores podem achar muito util dar aos jogadores algumas informações importantes da cronica para eles consultarem ao decorrer do tempo. O Narrador pode distribuir um documento, panfleto, mensagens em midias sociais, email, ou até mesmo um local de compartilhamento de arquivos como um drive virtual ao invés de imprimir coisas.

O tal panfleto deve incluir coisas legais da cronica, nomes evocativos de toda a essencia dos detalhes do cenario e modificações nas regras, como graficos, motes inspiracionais, letras de musicas, ou até mesmo videos ou outra forma de arte. A aparencia, sentimento, e o texto que estarão nesses “panfletos” irão influenciar as sessões que virão a partir dele, e por isso o panfleto pode estimular excitação, aumentar as expectatvas, ajudar a organizar o tempo de jogo ou dentro do jogo, ou estabelecer uma estrutura para a sua cronica. Venda “o peixe” da sua cronica e fale sobre os temas sombrios que você quer explorar junto aos seus jogadores nas suas historias.

 

SUMARIO DE CRIAÇÃO DE PERSONAGEM

 

CONCEITO PRINCIPAL

Qual é o nome do seu perosnagem em vida? O que ele faz? Onde e quando ele foi Abraçado? Qual é o nome dele agora? Onde ele esta agora? Escreva o nome do seu personagem no mapa de relacionamentos.

CLÃ E SENHOR

Escolha o seu Clã. Escreva o nome do seu senhor no mapa de relacionamentos junto da seção de NPC’s relevantes.

ATRIBUTOS

Escolha dois Atributos e ponha valor 4 neles, escolha três atributos e ponha valor 3 neles, escolha quatro atributos e ponha valor 2 neles, escolha um atributo e ponha valor 1 nele.

Vitalidade = Vigor +3;

Força de Vontade = Autocontrole + Determinação

PERICIAS

Escolha um tipo de Distribuição:

  • Pau pra toda obra: Uma pericia em valor 3, oito pericias em valor 2,  dez pericias em valor 1.
  • Balanceado: Três pericias em valor 3, cinco pericias em valor 2, sete pericias em valor 1.
  • Especialista: Uma pericia em valor 4, três pericias em valor 3, três pericias em valor 2, uma pericia em valor 1.

Adicione uma especilidade gratuita em Academicos, Oficios, Performance, e Ciência, se você tiver graduações nessas pericias.

Depois disso escolha uma especialização em uma outra pericia qualquer que você desejar.

DISCIPLINAS

Escolha duas Disciplinas do seu Clã. Coloque valor 2 em uma delas, e valor 1 na outra.

Para personagens Caitiffs, escolha duas disciplinhas quaisquer. Coloque valor 2 em uma delas, e valor 1 na outra.

Personagens Sangue fraco não possuem disciplinas intrinsecas.

PREDADOR

Escolha um tipo de Predator (p175) e aplique as caracteristicas recebidas a sua ficha:

  • Adicione uma das especiliades.
  • Adicione um ponto na disciplina mencionada.
  • Aplique tambem Vantagens e Defeitos associados.

VANTAGENS

Gaste 7 pontos em Vantagens, e escolha 2 pontos de defeitos em adição aos que forem ganhos através da sua escolha do tipo de predador. Personagens sangue fraco precisam escolher entre um e três vantagens de sangue fraco e tambem defeitos de sangue fraco do mesmo valor escolhido nas vantagens.

Adicione o que achar necessario no seu mapa de relacionamentos.

CONVICÇÕES E ALICERCES

Escolhe de uma a três Convicções (p172) crie um numero igual de Alicerces (p173), cada um conectada a uma convicão e adicione-os ao mapa de relacionamentos.

Seu valor de humanidade começa em 7

O MAR DO TEMPO

Junto com o Narrador e os outros jogadores, decida se a sua coterrie é:

  • Crianças: Todos foram abraçados até no maximo 15 anos atrás e são de 14°, 15° ou de 16° geração (Sangues fraco), Potência de sangue 0.
  • Neofitos: Todos foram abraçados entre 1940 a até 10 anos atrás. Vocês serão de 12°, ou de 13° geração, Potência de Sangue 1. Cada personagem possui 15 pontos de experiencia para gastar.
  • Ancillae: Todos foram abraçados entre 1780 e 1940. Vocês serão de 10° ou 11° geração, Potência de sangue 2. Cada jogador adiciona 2 pontos de Vantagens, 2 pontos de Defeitos, subtraem 1 ponto de sua humanidade. Cada personagem possui 35 pontos de experiencia para gastar.

Custo em pontos de Experiencia:

Aumentar um Atributo (Novo nivel x5)

Aumentar Pericia (Novo nivel x3)

Nova Especialidade (3)

Aumentar Disciplina de Clã (Novo nivel x5)

Aumentar outras Disciplinas (Novo nivel x7)

Aumentar Disciplina de Caitiff (Novo nivel x6)

Ritual de Feitiçaria de Sangue (nivel do Ritual x3)

Formula de alquimia de Sangue Fraco (Nivel da formula x3)

Vantagem (3 por ponto)

Aumentar Potência de Sangue (novo nivel x10)

 

O QUE FAZER NESTE JOGO?

  • Caçar pelo sangue
  • Lutar contra a besta
  • Construir e Destruir relacionamentos
  • Se esconder, ou lutar contra a Segunda inquisição
  • Mandar nas ruas
  • Proteger os Alicerces da sua humanidade
  • Crescer em poder
  • Maquinar contra outros Membros
  • Descobrir segredos terriveis
  • Encarar as consequencias de ser na verdade um monstro
  • Lutar contra os primitivos e radicais lobisomens.

A SESSÃO ZERO. Com este metodo, você irá gastar o seu tempo e uma sessão inteira criando os personagens. Este processo é interessante para que os jogadores não se sintam pressionados e tomem o tempo necessario para criar os personagens de modo completo.

No inicio da sessão introdutoria, ou a “sessão zero”, o grupo de jogadores e o Narrador ja devem estar a mesa preparados com fichas de personagens completaveis em branco, uma copia deste livro, lapis ou lapiseiras, varios D10 (dados de dez lados), uma grande ficha de relacionamentos em branco, e quem sabe mais alguns papeis rascunho para anotações.

Você pode talvez querer ter canetas de varias cores diferentes e copias ou anotações do seu planejamento para usar na cronica, estas anotações podem ser lidas pelos jogadores para ajuda-los a se situar no jogo. Jogadores são encorajados a oferecer sugestões para interligar de alguma forma as historias de seus personagens e fazer escolhas das caracteristicas de seus personagens de modo que uns completem os outros, construir uma rede intrincada de relacionamentos, dependencias, e intrigas como uma base para a cronica que virá.

O PRELUDIO. Em um Preludio, você, jogador, rapidamente conta a visa do seu personagem quando era humano como se fosse um quadro impressionante – e interpreta o terror e a crueldade do abraço. Os outros jogadores podem inclusive interpretar os possiveis relacionamentos, amigos, o senhor do personagem, e outros, se assim eles desejarem. o Preludio intriduz um novo personagem a cronica, então faça isso ser memoravel!

 

PERSONAGEM, COTERRIE E CRÔNICA

 

 

 

você pode gostar também
error: Opa! Quer usar nosso conteudo em algum ligar? Manda um Link pra essa pagina! Obrigado!