Dragon Age RPG (de mesa) é bom? Vale a pena jogar? 🥇

Dragon Age RPG (de mesa) é bom? Vale a pena jogar? 🥇

Dragon Age RPG é um tabletop (RPG de mesa) criado pela green ronin, ele se passa no mundo de Thedas, o mesmo mundo em que se passa os jogos de video game da franquia.

Este cenario de RPG possui como sistema oficial um sistema novo criado peal Green Ronin, entitulado como “AGE System”, que em 2016 ganhou com o lançamento da versão definitiva, o agora chamado “Core rulebook” ganhou o premio 2016 “ENnie Nominee for Best Game”.

Você deve ter chegado ao Lobo Nerd porque esta pensando em adquirir o livro e começar a jogar as suas campanhas de Dragon AGE usados dado, imaginação e toda a diversão que um RPG de mesa pode proporcionar.

Mas espera um pouco, leia isso aqui antes.

DRAGON AGE RPG: CENARIO MAGNÍFICO

O mundo de thedas onde se passa todos os jogos de Dragon AGE é magnifico. A maioria das pessaos que joga qualquer jogo da franquia se apaixona logo de cara. Os jogos permitem aos jogadorea alem de evoluirem e avançarem nas aventuras, tambem conhecerem a fundo o seus companheiros de grupo.

Bastante inspirados em RPG’s de mesa, os jogos de Dragon AGE se inspiram no classico grupo de 4 pessoas que resolvem os problemas do mundo enquanto correm atrás de tesouros, experiências empolgantes e fama.

O grande marco da franquia é que você conhecer a fundo aqueles que estão no grupo com você, cada um com a sua propria historia, sentimentos, ambições e medos.

Como o anão Varric, que é um ladino tranbiqueiro, mas possui uma besta pesada a qual chama de bianca e nas horas vagas é escritor de livros de romance.

Ou então a maga Morrigan que é filha de uma grande maga dos ermos korcari, que se mostra incialmente uma pessoa sem principios e mesquinha, mas depois mostra que tem os seus motivos e que ela se importa muito mais do que as pessoas pensam.

Em dragon AGE os personagens possuem profundidade. Eles parecem e agem como pessoas reais, ou pelos o mais proximo que eu ja vi em um video game.

Eles possuem qualidades e Defeitos, assim como qualquer ser humano (ou Elfo, ou Anão, ou Qnari, bom vc entendeu…)

DRAGON AGE RPG: O LIVRO E O SISTEMA

O sistema “AGE” é simples. vamos ver.

A mecânica de dados básicos do Dragon age RPG é rolar 3d6, somar o total, adicionar o valor de habilidade do personagem e ver se ele supera a dificuldade da tarefa. Isso é bastante simples, embora tenha o mesmo problema que qualquer sistema de dados estáticos *, pois é fácil para a capacidade de um personagem não ter importância ou ser muito importante. Se a habilidade de um personagem for +2, o sucesso ou o fracasso serão realmente aleatórios. Mas se o bônus deles for +10, o teste dificilmente será importante. Felizmente, a maioria dos personagens do Dragon age RPG terá mais de +5 em algo em que eles são bons, mas é possível ir mais alto, especialmente quando os personagens ganham níveis.

Os dados ficam um pouco mais complicados porque os jogadores devem sempre ter um dos três dados marcados separadamente como o “drama”. O drama determina muitas coisas, desde quão poderoso é um acerto crítico, até o grau de sucesso de um PC. Esse segundo é um pouco contra-intuitivo. Geralmente, o grau de sucesso é medido por quanto um rolo ultrapassou seu limite. Rolar 14 contra uma dificuldade de 13 significa que o personagem mal passou, mas um teste de 20 contra a mesma dificuldade pode significar que eles o fizeram com cores voadores. Em vez de usar essa simples métrica, os jogadores do Dragon age RPG devem consultar o drama.

Habilidades em Dragon age RPG também são um grupo misto. Em vez da dualidade stat / skill testada da maioria dos sistemas, os personagens em Dragon age RPG possuem apenas um conjunto de habilidades amplas. Estes podem ser confusos, porque nem todos parecem pertencer à mesma lista. A força e a destreza, por exemplo, parecem estatísticas amplas, enquanto a luta e a comunicação parecem habilidades mais especializadas, mas estão todas na mesma categoria. Estas mecânicas centrais funcionam, mas elas estão longe de serem elegantes, e podem deixar novos jogadores coçando suas cabeças se o GM não estiver completamente no ponto com sua explicação.

DRAGON AGE RPG:

DRAGON AGE RPG: CRIAÇÃO DE PEROSNAGENS

Não há como evitar: criar um personagem em Dragon age RPG é uma tarefa cansativa. Ele consegue ser tanto restritivo quanto avassalador ao mesmo tempo, como se a pior criação de personagens de D & D e Eclipse Phase estivesse reunida. Primeiro, a restrição. Blue Rose tem apenas três classes: guerreiro, Ladino, e Mago. O especialista é parte desonestos, parte “todo o resto”. Este limite de três classes, todas elas muito específicas no que elas podem fazer, mata muitos conceitos de personagens desde o início. O Dragon age RPG também é muito restritivo em seu acesso aos focos de habilidade. Estas são especializações dentro de habilidades como luta ou força, e elas dão bônus substanciais. Um lutador de espada habilidoso pode ter as espadas concentradas na habilidade de lutar, por exemplo, mas não há uma maneira simples de escolher os focos na criação de personagens. Você precisa pesquisar com cuidado através de opções como raça e fundo, na esperança de ser concedido o foco certo para o seu conceito de personagem.

Em seguida, vem a parte esmagadora, porque a criação de um personagem em Dragon age RPG requer a leitura através de longas listas de opções, cada uma das quais é um pouco diferente do outro. Essas listas continuam em páginas e páginas. Primeiro, há a lista de opções da sua turma, depois de seus talentos e, novamente, de suas especializações. É ainda pior para os adeptos, que precisam consultar mais listas de feitiços. Poucas dessas opções parecem temáticas ou narrativas, e rapidamente se confundem para determinar qual habilidade precisa mais de um bônus de +1.

Muitas das opções são contra-intuitivas também, então você deve lê-las cuidadosamente. O talento Contatos permite que você faça testes sociais para adquirir amigos NPC, algo que você já pode fazer. Você pode pensar que, para se tornar um melhor formador de terra, você deve maximizar o talento modelador, mas tudo que faz é dar a você acesso a outros elementos modeladores. A lista continua. Algumas opções são simplesmente sobrecarregadas. O foco de resistência da constituição, por exemplo, é mais útil do que focos como correr ou nadar, porque se um personagem precisa correr ou nadar, eles também precisam de resistência. A criação de personagens em Dragon age RPG é um longo trabalho de “wrestling”(briga) com as regras e esperando que você obtenha o personagem que você deseja. Os jogadores que não gostarem de ler listas longas serão desativados e até mesmo aqueles que o fizerem terão seu trabalho restrito a eles.

DRAGON AGE RPG: COMBATE LENTO, CONFUSO E LIMITADO.

A partir de sua ênfase nas relações entre os personagens, você pode ter pensado que Dragon age RPG seria leve no combate, mas você estaria errado. A grande maioria das regras deste jogo se aplica ao combate e, como tal, o combate continua sendo o método padrão para resolver conflitos. Prepare-se, porque não é bonito. Combate em Dragon age RPG leva muito tempo. Quão mais? Mesmo o mais frágil Mago tem 21 HP no primeiro nível, e as armas brancas mais poderosas causam 3d6 de dano. A maioria dos personagens recebe apenas um ataque por rodada. Assim, um personagem muito forte, especializado em dano corpo-a-corpo, pode provavelmente derrotar o mago mais frágil do mundo em duas rodadas.

A maioria dos personagens de combate terá muito mais pontos de vida, armaduras para reduzir os danos e outras habilidades que os tornam mais difíceis de acertar. Pior, os pontos de vida aumentam substancialmente com cada nível. O dano não. Derrotar até mesmo um único inimigo em Dragon age RPG levará muito tempo, e esse problema só piorará conforme os personagens subirem de nível. Isso pode não ser tão ruim se houvesse algo interessante para se fazer em combate. Como muitos outros jogos, o combate de Dragon age RPG se resume a combatentes que ficam de troca golpes até que um deles caia. * Embora existam outras ações além de atacar, poucas delas, se alguma delas, são de valor prático para ganhar uma briga. Rolar um acerto crítico permite que você escolha a partir de uma lista de efeitos interessantes, mas essas são exceções, não a norma.

Lamentavelmente, Dragon age RPG mal tem regras para resolução de conflitos fora de uma luta física. Existem regras para “acertos críticos” em situações sociais e de exploração, mas seus efeitos são auxiliares na melhor das hipóteses. O único suporte oferecido nas regras para resolver encontros que não são de combate é usar um único teste de habilidade. Qualquer outra coisa precisará vir das regras da casa do GM. A falta de opções que não sejam de combate é emblemática do maior problema da Dragon age RPG: é outra em uma longa linha de jogos de RPG hack-and-slash que na verdade não divertem o combate. Qualquer um que o execute deve escolher entre aborrecer o grupo às lágrimas com lutas longas ou ignorar o combate e ver a maioria das habilidades de seus jogadores serem desperdiçadas. Esse é o mesmo problema que assola o D&D, o Shadowrun, o Eclipse Phase e tantos outros jogos. Dragon age RPG é diferente apenas em seu ambiente incomum. Essa configuração pode ser o suficiente para sustentar você, mas se não for, dê um passe a este jogo.

DRAGON AGE RPG: CONCLUSÃO

Mesmo tendo um cenario extremamente rico e cheio de detalhes e possibilidades de jogo, Dragon AGE com seu AGE system peca justamente no combate fazendo os combates extremamente longos e consativos, com todos a espera de conseguir um “duplo” nos dados para tentar usar as manobras que na verdade nem fazem tenta diferença assim. A classe de mago possui a habilidade Lança arcana que é quase inutil no começo do jogo, por ter uma quantidade minima de dano. Mesmo em niveis altos muitas magias do mago são inuteis principalmente quase todas de fogo porque ela não causam dano penetrante e quase não recebem bônus de dano por possuir o atributo magia em valres altos.

Os pontos de vida aumentam drasticamente a cada nivel enquanto a capacidade de causar dano não aumenta. A defesa dos personagens quase não aumenta tambem tendo em vista que ela é baseade quase que exclusivamente no Atributo Destreza ue só vale a pena investir se focê for Ladino.

Um sistema extremamente desequilibrado para niveis altos. Quanto maior os niveis do grupo mais ainda demoraram o combate até chegar em um ponto que ninguem mais vai querer jogar. isso se o mago do grupo não ficar choramingando pela sua inutilidade antes.

O sistema peca demais em tentar ser mais parecido com os jogos de video game, criando um sistema engessado e chato.

O livro vale a pena para ideias para jogar no cenario de Thedas e nada mais. Pra sistema de jogo é melhor pegar qualquer outra coisa ate mesmo D&D e pathfinder pra poder jogar em Thedas.

 

E você oque achou de Dragon AGE RPG? Escree ae nos comentarios!

você pode gostar também
error: Opa! Quer usar nosso conteudo em algum ligar? Manda um Link pra essa pagina! Obrigado!