Ennoia – Antediluviano Gangrel – Vampiro a Máscara🥇

Ennoia era de acordo com os mitos, uma das filhas de Lilith que foi abraçada antes do Dilúvio Bíblico, e posteriormente veio a ser a lendária progenitora do Clã Gangrel.

Veja tambem:

Vampiro A Mascara 5 edição Português [Tradução Completa]🥇

Tudo sobre o Clã Gangrel🥇

Tudo sobre os Gangrel no V5 – Vampiro a Máscara 5° Edção🥇

PERFIL RESUMIDO

Nome: Ennoia

Mãe: Lilith

Pai: Adão

Abraço: 8000 A.C. (supostamente)

Clã: Gangrel

Geração: 3°

Senhor: Lilith ou Enoch ou Dracian (Nenhuma deles realmente confirmado)

Crias: Enkidu, Ereshkigal (possivelmente), Gilgamesh (possivelmente), Hukros, Kurru, Odin, Rufus, Vola “A Vermelha”

Alianças: A si mesma.

Biografia

Contos do Clã

Existem muitas versões diferentes de quem exatamente era Ennoia, como o Clã gangrel possui uma Natureza muito fragmentada, isto torna a criação de uma representação dela ainda mais difícil. Linhagens como os Anda ou os Noiads tem a sua própria história de origem que estão intrinsecamente ligadas às crenças locais e tem poucas coisas em comum com a tradição e pesquisa Nodista.

A Besta

O nome Ennoia significa “A metade feminina de Deus”, e dizem que ela era filha de Lilith. Contudo ela foi abandonada por sua mãe a uma matilha de lobos. Os animais a criaram para ser uma grande caçadora predatória. De acordo com Lord Ashton: “Ennoia pegou uma companheira da matilha e… deu lhe filhos… e é deles que os lupinos traçam a sua ancestralidade.” Eventualmente Ennoia deixou os lobos e viajou para a cidade de Enoch onde foi abraçada, Tornando-se o Antediluviano Gangrel.

Alguns estudiosos apresentaram uma versão da mitologia vampírica na qual Ennoia era uma figura masculina. De acordo com esta versão da mitologia vampírica, o Antediluviano Gangrel aparentemente respondeu pelo nome de “Enkidu” (Embora este fosse de acordo com outras fontes, esse seria o nome de uma das crias de Ennoia), e ele possuía uma das “Tábuas do Destino” até que Ishtar tentou retirar o item dele. Indignado com a ação, o Antediluviano parte para matar Ishtar.

Enquanto Ennoia rastreava Ishtar até a Suméria, ela abraçou Ereshkigal para ajudá-la no ataque a sua irmã. Quando o Gangrel veio confrontar Ishtar, seu jovem amante Tammuz intercedeu, e deu a sua não-vida para que Ishtar conseguisse fugir. Então ela procurou ajuda com o Rei da Suméria, Gilgamesh. No entanto ele já havia sido abraçado por Ennoia. A Toreador conseguiu fugir do local, mas não sem antes lançar sobre eles um monstro conhecido como o “Touro do Paraíso”, e depois disso fugiu para a ilha de Creta. Por sua vez, Ennoia decidiu permanecer na Suméria onde ela estabeleceu uma grande “ninhada” de Gangrels.

A Tigresa Rainha

Dizem as lendas que Ennoia e Ravana eram irmãs. E depois de todas as consequências da segunda cidade, os irmãos vagaram para o oeste na vasta estepe da Ásia Central. Enquanto Ennoia se estabeleceu na Suméria, ficando um tempo por lá, Ravana encontrou tribos nativas, principalmente nômades e outros tipos de errantes. Elas abraçaram diversas crias, que hoje seriam mais provavelmente os matusaléns dos Clãs Gangrel e Ravnos. Uma referência a “Grande aranha rainha” e a “Grande tigresa rainha” foi encontrada em uma inscrição pré alexandrina nas profundezas de uma caverna vazia em forma de uma tumba, perto das margens do mar caspio. Alguns estudiosos Gangrel tendem a acreditar que a Rainha Aranha era Ravana, e a Rainha Tigresa era Ennoia.

Eventualmente Ennoia e Ravana tiveram um briga. Algo aconteceu para ambas desejarem a garganta uma da outra, elas lutaram por décadas; elas jogavam as suas crias umas contra as outras e até encorajavam as suas crias a abraçar novos calouros como soldados para a sua guerra. Segundo todos os relatos, as ninhadas de Ennoia eram muito mais fortes, mas Ravana era muito mais astuta e tinha diversos poderes enganadores.

Por fim, Ravana invocou algum tipo de devastação profana do céu para destruir e incapacitar a maiora das forças de Ennoia. Os poucos que sobreviveram fugiram para o oeste, chegando então a europa ou na áfrica. Os sobreviventes então lutaram entre si e se espalharam de norte a sul, leste a oeste. Aqueles que foram para o norte se apegaram aos progenitores das tribos siberianas e dos vikings, aqueles que foram para o sul circularam pelas planícies africanas acima do saara para se tornarem os metamorfos do serengeti. Os poucos vampiros que foram para o leste foram presumidamente destruídos. a maioria deles foi para o oeste, e é a partir destes que a maioria do Clã Gangrel traça a sua linhagem.

O Conto dos Deuses Gêmeos

De acordo com os mitos Gangrel, a milhares de anos atrás, havia um deus que tinha tido muitos filhos e seus filhos lutaram entre si, o que já era de se esperar de crianças que crescem juntas. Ennoia e Churka, a caçula e um par de gêmeos, optaram por deixar seus irmãos briguentos e viajar para o Leste, para as terras de sua mãe.

Incapazes de escapar de sua natureza briguenta, e sem um pai para controlá-los, os gêmeos começaram a brigar. Igualmente e perfeitamente combinados, eles não podiam se enfrentar diretamente com um vencedor definitivo. E por causa disso os gêmeos começaram a recrutar exércitos – Ennoia recrutou um exército de bravos guerreiros, enquanto Churka recrutava os mais astutos.

Eles lutavam a noite para que os outros Deuses não soubessem de sua rivalidade. Esses dois exércitos lutaram por séculos, mas em algum momento quando todos acreditavam que o exército de Ennoia iria sair vitorioso ela foi traída pelos seus dois melhores guerreiros; Laibon e Lhiannan. Agora sem seus dois melhores guerreiros a batalha acabou por favorecer Churka.

Entristecida com a traição que havia sofrido, Ennoia deixou as suas crias sozinhas e desapareceu. Sem a liderança de seu progenitor, e lutando contra as crias de Churka – que inclusive foram ajudados pelos gigantes demoníacos do oriente – e o exército de Ennoia finalmente foi derrotado e expulso de suas terras no leste.

Daquela noite em diante ele se chamariam de “Gangrel” e viajaram para o oeste, encontrando seus outros primos cainitas. Porém ainda hoje alguns Gangrel acreditam que quando o exército de Churka forem destruídos e os traidores punidos, Ennoia irá voltar para os seus filhos.

Outros Contos

O Conto dos Einherjar

Os Gangrel do norte tinham outra explicação muito diferente para a sua origem. De acordo com eles, eles descendiam de Canarl, um guerreiro que foi amaldiçoado com uma marca rúnica que evitou a sua morte e que recebeu o sangue de Odin e estava destinado a ficar ao seu lado quando o Ragnarok viesse. Infelizmente poucos de seus contos sobreviveram, tornando o seu registro incompleto (como por exemplo, como clãs diferentes foram gerados).

O Conto do Traidor

Uma história é contada pelos Ravnos indianos, é uma versão não canônica de Karavalanisha Vrana, o Antediluviano Gangrel (que aqui também é nomeado de Ennoia) foi criado pelos deuses como um segundo monstro morto vivo ao lado de Zapathasura. Ela era chamada de a mais perigosa das guerreiras, e supostamente dominava a arte da metamorfose, que ela desenvolveu a fim de melhor combater asuratizayya. Quando os deuses disseram a ela o preço da sua existência, ela os amaldiçoou por fazerem dela uma besta sem vida e deu as costas aos deveres que ela incumbiram a ela de cumprir. Furiosos, então os deuses amaldiçoaram a sua segunda criação (Ennoia) “para sempre habitar entre as bestas e não encontrar abrigo seguro em nenhum lugar do mundo”. Eles também deram a ela características bestiais, para que nenhum ser humano fosse enganado pela sua aparência. Os textos também relatam que depois de os Gangrel terem perdido os seus propósito, ficaram enfurecidos e não conseguiam mais tolerar a visão dos Ravnos, por eles mostrarem a força e a determinação que faltava em Ennoia, e por isso continuaram a persegui-los onde quer que eles fossem por causa do ódio nascido da vergonha.

Nas Noites Finais

Ennoia aparentemente entrou e saiu do torpor que já perdurava milênios após a queda da cidade de Enoch. Todos acham que Ennoia acordou e caiu novamente em torpor perto da época de Cristo, e há um debate sobre se ela já acordou após isto.

Em Gehenna: Time of Judgement

Ennoia aparece em dois cenários do livro Gehenna: Time of Judgement. Em “Nightshade” (Sombra da noite, tradução livre), Ennoia se aliou ao Antediluviano Setita e aparece com uma amálgama de características bestiais. De acordo com o enredo da história ela é destruída com os outros Antediluvianos. Em outro cenário, “Crucible of God” (O Crisol de Deus, tradução livre), Ennoia se funde com a própria terra para transcender os limites impostos pelo vampirismo por seu de seu conhecimento supremo da disciplina metamorfose. Ela causa terremotos em sua busca para se alimentar de Vitae, a fim de evitar o “Withering” (afinamento do sangue vampírico) e completar a sua transformação.

Diferenças entre Versões

No Livro de Clã Toreador revisado se refere a Ennoia como pertencendo ao sexo masculino, dizendo que ela utiliza o nome de “Enkidu” e que reside na Sumeria.

Referências

  • Livro de Clã Gangrel, p. 11
  • Livro de Nod, p. 130 
  • Livro de Clã Toreador revisado, p. 15-17
  • Livro de Clã Gangrel Revisado, p 12
  • The Kindred Most Wanted 
  • Gehenna: Time of Judgement – Cenarios: “Nightshade” and “The Crucible of God”

Veja tambem:

Vampiro A Mascara 5 edição Português [Tradução Completa]🥇

Tudo sobre o Clã Gangrel🥇

Tudo sobre os Gangrel no V5 – Vampiro a Máscara 5° Edção🥇

 

Todos os Antediluvianos:

Haquim, o Antediluviano Banu Haqim (Assamita)🥇

Ilyes, o Antediluviano Brujah🥇

Troile, aquele que Diablerizou o Antediluviano Brujah🥇

Ennoia, o Antediluviano Gangrel🥇

Cappadocius, o Antediluviano Capadócio🥇

Augustus Giovanni, fundador do Clã Giovanni e aquele que Diablerizou o Antediluviano Capadócio🥇

Lucien, o Antediluviano Lasombra🥇

Malkav, o Antediluviano Malkaviano🥇

Set, o Antediluviano Setita (Seguidores de Set/ O Minisério)🥇

Absmilliard, o Antediluviano Nosferatu🥇

Zaphatasura, o Antediluviano Ravnos🥇

Saulot, o Antediluviano Salubri🥇

Arikel, o Antediluviano Toreador🥇

Tremere, o Fundador do Clã Tremere🥇

O Antediluviano Tzimice🥇

Ventru, o Antediluviano Ventrue🥇

você pode gostar também
error: Opa! Quer usar nosso conteudo em algum ligar? Manda um Link pra essa pagina! Obrigado!