Guerra da Gehenna – Vampiro A Máscara🥇

Você verá no conteudo deste Artigo.

“Não posso deixar de pensar em todo o sangue derramado na África e no Oriente Médio por esta Cruzada da Gehenna, todas as vidas Cainitas perdidas, em como celebramos aquele em cada vinte vampiros que retornou do conflito com um Matusalém, inchado como um carrapato no novo poder. Nós apenas esquecemos os dezenove caídos e para onde foi sua vitae. Quem alimentou. Quem ou o que as cinzas dos Matusaléns convocaram à superfície.”
РUm Lasombra vira-casaca ṇo identificado[1]

A Guerra Gehenna, também conhecida como Crzada da Gehenna, é um conflito sectário de Membros ativo entre a aliança Camarilla-Ashirra e o Sabá, sendo travada principalmente no Oriente Médio e na África, mas também parcialmente em zonas de conflito mortal como a Ucrânia. Por razões que não são totalmente claras, Membros mais velhos ao redor do mundo estão sujeitos a um “aceno” sobrenatural que os obriga a viajar para a região para participar do conflito.

O Sabá, chamando a guerra de cruzada, abandonou totalmente suas propriedades mundiais em massa e viajou para a região a fim de descobrir e matar Antediluvianos. Por outro lado, a Camarilla procura contê-los, proteger a Máscara e proteger os túmulos de methuselah em torpor de serem perturbados pelo Sabá, que pode confundi-los com Antediluvianos.

Encontros fatídicos com o presumível Antediluviano Lasombra durante o conflito são considerados uma causa imediata dos Amici Noctis, considerando a Cruzada uma missão suicida beneficiando principalmente os Antediluvianos e methuselah, e começando uma migração do Clã Lasombra para a Camarilla.

Referências

  • V5: Vampire: The Masquerade 5th Edition Corebook, p. 59, 61, 140, 215
  • V5: Camarilla (book), p. 53
  1. ↑ V5: Chicago by Night 5th Edition, p. 45

 

você pode gostar também
error: Opa! Quer usar nosso conteudo em algum ligar? Manda um Link pra essa pagina! Obrigado!