Haqim – Antediluviano Assamita (Banu Haqim) – Vampiro a Máscara🥇

Haqim, o caçador é o Antediluviano do Clã Banu Haqim, muitas vezes também chamados de Assamitas.

Veja Tambem:

Vampiro A Mascara 5 edição Português [Tradução Completa]🥇

Tudo sobre o Clã Banu Haqim (Assamitas)🥇

Tudo sobre os Banu Haqim (Assamitas) no V5 – Vampiro a Máscara 5° Edção🥇

PERFIL RESUMIDO

Nome: Haqim

Apelidos: Assam, Hashshan al-Safa, Hashshan ibn Canan

Abraço: 8000 A.C.

Clâ: Assamita/Banu Haqim

Geração: 3°

Senhor: Zillah

Crias: Mancheaka, Ur-Shulgi (supostamente), Nakurtum, Sha’hiri, Jamal, Abu Ilaf, Anath, The Weeping Master

Aliança: Assamitas/Banu Haqim

Biografia:

Haqim era um guerreiro caçador, que depois de ser abraçado, fez refúgios na primeira e na segunda cidade, promovendo a neutralidade e mediando as disputas de seus irmãos cainitas que brigavam e se desentendiam constantemente. Haqim ficou bastante conhecido principalmente por formas três divisões de crias que viriam a se tornar os Assamitas no futuro, os eruditos, os guerreiros e os magos, estes últimos foram originalmente criados para auxiliar no conflito contra o Baali. Depois de preparar pessoas para liderar o clã em sua ausência, Haqim passaria por certos períodos longe do clã, em peregrinação em Akkad, preparando o Oriente médio para os seus filhos. Quando chegou a hora certa, ele liderou um êxodo, uma imigração em massa para Alamut, onde os Assamitas estão localizados de modo central até hoje.

Origem

A 10.000 anos atrás, havia caçadores que seguiam as migrações de rebanhos de animais através do fertil crescente, para a Ásia e através do Norte da África. Um certo guerreiro caçador que migrava com os rebanhos, havia se dedicado a erudição e ao conhecimento durante as suas viagens.Ele aprendeu a ler, escrever e a falar a língua dos mortos. Isso Atraiu uma das crias de Caim. Sendo elegível para o Abraço, este guerreiro caçador assumiu o nome de “Haqim”. A primeira cidade se tornou o seu primeiro refúgio, onde ele se tornou um dos seus defensores.

Origem Alternativa

Alguns Assamitas falam contam de uma história sobre o Rei e a Rainha de En’esh que foram abraçados por Khayyin quando Haqim era o senhor dos exércitos da primeira cidade. Como um mortal Haqim serviu a este Rei e Rainha, mas eles se tornaram maus e cruéis, então ele decidiu cortar as suas cabeças e utilizar o seu sangue para “Abraçar a si mesmo”. Qual dessas duas versões é a mais precisa, é impossível dizer.

A Segunda Cidade

Alguns séculos depois do grande dilúvio, Haqim veio para a cidade onde foi promovido a “Guardião da lei” da cidade, por insistência de Saulot. Ao desenvolver uma defesa para a cidade, Haqim criou três castas de guerreiros que os Assamitas reconhecem até hoje; Os Vizires, Os juízes e os Feiticeiros. Primeiro Haqim organizou as suas primeiras crianças em uma casta de Vizires, que eram um grupo de intelectuais e estudiosos, que poderiam ajudá-lo a organizar e traçar estratégias. Depois disso ele criou os primeiros juízes na segunda cidade, que assim o ajudaram a controlar as agitações das guerras das eras. E então devido aos ataques dos Baali, Haqim trouxe os primeiros magos de sangue para a segunda cidade, que serviram com os juízes para ajudar os Salubri nas batalhas contra os Baali. É conhecido que Haqim perdeu uma das suas crias, conhecida como Mancheaka, para a morte final durante o segundo grande conflito Baali.

Os Assamitas

Eventualmente, Haqim e suas três castas de guerreiros acabaram por abandonar a segunda cidade assim como muitos outros cainitas que perderam a fé na cidade. Mas haqim em especial estava cansado das brigas constantes entre os Antediluvianos e até mesmo cansado das brigam internas dentro de seu clã. Depois de um Êxodo traiçoeiro, haqim e seus filhos finalmente se estabeleceram no ninho da águia, nas regiões montanhosas do monte Alamut. Este local acabou por se tornar o local espiritual, e físico dos Assamitas. Onde ele conseguiram se estabelecer e ganharam a reputação de serem os “Temíveis demônios de pele Negra do oriente”

Nas Noites Finais

A última visita de Haqim ao monte Alamut foi em 68 A.C.onde permaneceu na grande biblioteca por seis meses. A um outro registro de ele ter estado na Antioquia aproximadamente um século depois. A última vez que alguém viu Haqim foi nas Ilhas Britânicas em 121 D.C. onde ele estava envolvido com conversas filosóficas com o Príncipe Ventrue de Londres, Mithras, o que é bastante curioso e interessante por si só, ainda mais que Mithras seria diablerizado em 1996 D.C. e justamente por um membro do Clã Banu Haqim.

Desde então todas e quaisquer tentativas de localizar ele falharam. Acredita-se, no entanto, que Haqim pode ter entrado em torpor ou se isolado na área do Azerbaijão / Irã / Turcomenistão nas proximidades de Alamut. Ur-Shulgi, que foi acordado recentemente, afirma ter recebido uma comunicação direta de Haqim para re invocar a trilha do Sangue como a única religião. Alguns até acreditam que Haqim está acordado, revisando e avaliando secretamente o clã.

Após Fatima Al-Faqadi encontrar haqim e sobreviver, sugere-se que ele estava testando a lealdade do clã aos seus verdadeiros ensinamentos e a sua fé em Deus. Significa que ou Ur-Shulgi recebeu instruções erradas deliberadamente, ou ele mentiu para os Assamitas Legalistas.

Curiosidades

  • O nome Haqim significa “Sabio” em Arabe.
  • A Assamita Enkara conhecia Haqim pessoalmente. Seu abraço precedeu a sua partida em varios seculos. O Fundador raramente falava com ela sobre a primeira e segundas cidades, mas o que Enkara ouviu dele depois de todo esse tempo era totalmente inconsistente com o tirano sangrento dos assassinos que achava que “julgar os outros Cainitas” era na verdade exterminar até o último deles.

Referências

  1. De acordo com Ayisha no: Livro de Nod, p. 131
  2. Livro de Clã Assamita Revisado, p.8 a 19, 79, 95
  3. Livro de Clã Assamita, p 13
  4. Livro de Nod:, “Os Contos da primeira Cidade”
  5. Children of the Night, p. 89
  6. Nota: Sha’hiri é listada como um dos nomes das crias de Haqim. de acordo com o: Livro de Clã Assamita Revisado, p. 97

Veja Tambem:

Vampiro A Mascara 5 edição Português [Tradução Completa]🥇

Tudo sobre o Clã Banu Haqim (Assamitas)🥇

Tudo sobre os Banu Haqim (Assamitas) no V5 – Vampiro a Máscara 5° Edção🥇

 

Todos os Antediluvianos:

Haquim, o Antediluviano Banu Haqim (Assamita)🥇

Ilyes, o Antediluviano Brujah🥇

Troile, aquele que Diablerizou o Antediluviano Brujah🥇

Ennoia, o Antediluviano Gangrel🥇

Cappadocius, o Antediluviano Capadócio🥇

Augustus Giovanni, fundador do Clã Giovanni e aquele que Diablerizou o Antediluviano Capadócio🥇

Lucien, o Antediluviano Lasombra🥇

Malkav, o Antediluviano Malkaviano🥇

Set, o Antediluviano Setita (Seguidores de Set/ O Minisério)🥇

Absmilliard, o Antediluviano Nosferatu🥇

Zaphatasura, o Antediluviano Ravnos🥇

Saulot, o Antediluviano Salubri🥇

Arikel, o Antediluviano Toreador🥇

Tremere, o Fundador do Clã Tremere🥇

O Antediluviano Tzimice🥇

Ventru, o Antediluviano Ventrue🥇

você pode gostar também
error: Opa! Quer usar nosso conteudo em algum ligar? Manda um Link pra essa pagina! Obrigado!